Começa a ser testado em Pará de Minas o sistema Olho Vivo

Pará de Minas em Destaque

Pará de Minas iniciou na última segunda-feira, 9 de novembro, a fase de testes do sistema Olho Vivo. Neste primeiro momento foram instaladas 12 câmaras que vão ajudar a Polícia Militar em ações como identificar criminosos, apurar crimes e fazer trabalhos preventivos. O sistema Olho Vivo vai monitorar os espaços públicos de Pará de Minas e 12 câmeras já estão ligadas, sendo nove PTZ – móveis e três fixas instaladas no centro da cidade, principalmente na rua Benedito Valadares.

As câmeras estão enviando imagens para o monitor instalado na sede da Prefeitura, onde os técnicos avaliam o funcionamento. O trabalho está sendo supervisionado por Jeferson Ferreira Guido, diretor técnico da empresa responsável pela implantação do sistema. O programa custou R$ 1,5 milhões e foi desenvolvido pela empresa Nexare Telecomunicações Ltda. Além de ajudar a Polícia Militar, o Olho Vivo também vai auxiliar no monitoramento do trânsito em Pará de Minas e permitir identificar quem entra e quem sai do município. Deverão ser instaladas mais 23 câmeras na segunda fase do projeto Olho Vivo. A central de monitoramento do sistema, que deverá ficar pronta em um mês, vai funcionar na sede da 19ª Companhia de Polícia Militar, no bairro Serra Verde. De acordo com informações o monitoramento em parceria com a 19ª Cia da Polícia Militar, a partir das imagens do Olho Vivo, terá início em dezembro, quando a sala de operação em construção no quartel estiver pronta para receber os equipamentos.