HNSC comemora a Semana Nacional do Doador Voluntário de Sangue com agradecimentos

Pará de Minas em Destaque

De 23 a 28 de novembro comemora-se a Semana Nacional do Doador Voluntário de Sangue. Dentro da semana, no dia 25 de novembro, é celebrado o Dia Nacional do Doador de Sangue. A data é uma forma especial de agradecer aos doadores de sangue pela ação e busca também destacar a importância do ato.

O sangue é um composto de células que cumprem funções como levar oxigênio a cada parte do corpo, defender o organismo contra infecções e participar na coagulação. Nada substitui o sangue.

A quantidade de sangue retirada não afeta a saúde do doador, pois a recuperação ocorre imediatamente após a doação. Uma pessoa adulta tem em média cinco litros de sangue e em uma doação são coletados, no máximo, 450ml de sangue. É pouco para quem doa e muito para quem precisa!

Saiba como doar – Para tirar dúvidas sobre a doação de sangue, os interessados podem ligar para o Banco de Sangue no telefone (37) 3233-5461, e falar com Fabíola Nogueira. Também podem obter informações através do perfil do Banco de Sangue no Facebook e Instagram (@BancodeSangueHNSC) ou pelo @hnscpm.

O site do HNSC também conta com o formulário “Seja um Doador de Sangue”, que aparece em todas as páginas de navegação. Os interessados em doar sangue devem preencher o formulário com nome, telefone e município. Em seguida, o Banco de Sangue do HNSC entrará em contato para agendar a doação.

A Semana do Doador de Sangue

A Semana do Doador Voluntário de Sangue busca destacar a importância do gesto, sobretudo durante a pandemia, período onde houve queda de até 50% no número de doações em algumas regiões do Brasil.

Segundo o Ministério da Saúde, 1,8% da população doa sangue de forma regular. Esse número fica um pouco abaixo dos 2% ideais definidos pela Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS), mas bem atrás dos 5% registrados em países da Europa. As doações constantes são essenciais para os estoques de plaquetas, que ajudam no controle de sangramentos e são usadas em tratamentos contra o câncer, por exemplo.

Quem pode doar

A doação é um gesto que permite salvar vidas, mas que não deve e não pode prejudicar a saúde do doador e de quem receberá a doação. Fique atento às regras básicas:

Alimentação: o candidato não poderá estar em jejum. Se for doar pela manhã, fazer uma refeição leve, sem gorduras, como café, bolo, pão, cereais e frutas;

Documentos: é necessário apresentar um documento original e oficial de identidade que contenha foto, filiação e assinatura. Podem ser apresentados documentos digitais, desde que tenham assinatura para conferência;

Estado geral: O candidato à doação deve comparecer em condições plenas de saúde; e estar descansado (ter dormido pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas);

Idade: Ter entre 16 e 69 anos, desde que a primeira doação tenha sido feita até 60 anos;

Peso: mínimo de 50 kg. O peso será verificado no momento da doação e será descontado 1 kg referente ao peso da roupa.

Alguns impedimentos temporários são: febre e/ou resfriado; gravidez; tatuagem, maquiagem definitiva e micro pigmentação de sobrancelha; cirurgias e procedimentos médicos, incluindo estéticos, dentre outros.

Todas as dúvidas sobre doação e agendamento também podem ser respondidas pelo telefone (37) 3233-5461 ou pelas redes sociais do HNSC (@hnscpm) e do Banco de Sangue (@bancodesanguehnsc).