Fapam abraça trabalho social na comunidade: Projeto de Extensão ALFALETRIA

Pará de Minas Pará de Minas em Destaque Ultimas

O projeto é de cunho social, gratuito e inicialmente vai atender 50 crianças da comunidade, sendo realizado todo sábado na Faculdade de 8 às 10hs

                A FAPAM – Faculdade de Pará de Minas está realizando aos sábados de 8h às 10hs o Projeto de Extensão ALFALETRIA (Alfabetizar com Alegria), que tem como objetivo auxiliar as crianças do 1º ao 3º ano do Ensino Fundamental no processo de aprendizagem da leitura e escrita. Bem como auxiliar professores alfabetizadores em sua jornada de ensinar o sistema de escrita alfabética, por meio de grupo de estudos. E, as crianças, além de receberem conhecimento com alegria, também ganha um lanche na faculdade.

                Miriam Marmol, professora dos cursos de licenciatura FAPAM e coordenadora pedagógica na instituição fala a reportagem do DIÁRIO sobre o projeto ALFALETRIA ALFABETIZAR COM ALEGRIA, que começou no dia 9 de Abril:

“O projeto ALFALETRIA-ALFABETIZAR COM ALEGRIA já era um sonho pessoal de muitos anos e houve uma intensa demanda de colegas professores, de mães e instituições que estão sempre colocando o desafio que tem sido do ensino da leitura e da escrita. E, depois que as crianças ficaram dois anos em casa se agravou na pandemia. E devido a esta demanda, a Faculdade juntamente com os apoiadores estamos propondo este projeto de extensão. É um projeto que está aberto à comunidade para crianças de 6 a 8 anos, crianças que são do 1º ao 3º ano do Ensino Fundamental. E, inicialmente estamos com 50 vagas, mas os pais interessados pode colocar o nome na lista de espera”. E, o critério para que a criança permaneça na vaga é que ela não falte 3 vezes ao encontro.

ORIGEM DO PROJETO

                Miriam Marmol relata que o projeto foi inspirado teoricamente no livro Alfaletrar da Magda Soares (o qual é essencial para educadores, professores, pedagogos e todos os interessados em defender o direito à educação de qualidade):

“Esse livro foi lançado em 2020 para quem é da área de alfabetização, professores da área da alfabetização. Magda Soares é uma referência na nossa área e em 2020 ela lançou Alfaletrar e toda criança pode aprender a ler e a escrever é um livro baseado em teoria e prática. Porque toda a pesquisa que ela desenvolveu ao longo de toda vida dela foi praticada e desenvolvida no município de Lagoa Santa. Então, uma obra que me inspira muito e a obra que está inspirando nosso projeto ALFALETRIA-ALFABETIZAR COM ALEGRIA”.

                Na conclusão do projeto será feito um E-book para que um dia possa inspirar outras pessoas a fazerem o mesmo projeto.

DESENVOLVIMENTO DA CRIANÇA

                A criança fica na faculdade de 8 às 10 horas da manhã sendo estimuladas nos processos de leitura e escrita. Porque estimulados. A criança vem ao projeto e é diagnosticada em qual nível que ela se encontra na leitura e na escrita. Passa por uma trilha de aprendizagem, e a partir do momento que ela for se desenvolvendo ela vai avançando nos processos de leitura e de escrita até chegar o dia 17 de dezembro que é encerramento do projeto. Na oportunidade haverá entrega de certificados as crianças na presença dos pais.

APOIADORES

                Unimed CentroOeste, Cecilia Modas, Gráfica Ideal, Elmig e Uai Brindes.

100% leitura e escrita

                Não é projeto de reforço escolar, a criança não precisa trazer nada, o projeto tem apoiadores, que conseguiram as materialidade para o projeto e a criança recebe tudo na Faculdade, o que ela precisa para se desenvolver dentro do projeto. É um projeto focado 100% na leitura e escrita. “A gente tem que focar 100% na escrita e na leitura, porque é pra vida, faz parte da nossa sociedade e não tem como fugir disso. E, o que a gente mais escuta hoje é adolescentes e crianças que não gostam de ler nem escrever, mas isso não é questão de gostar, temos que mostrar para eles o quanto que isso é pra vida. E, conto com apoio da comunidade em abraçar o projeto, pois é um projeto gratuito e social. Nós sabemos o quanto é difícil pagar professores particulares para ir em casa, pagar pessoas para ajudar os filhos em casa” finaliza Miriam. E, a Faculdade adianta que está focada em novos projetos sociais.

INSCRIÇÃO E FILA DE ESPERA

www.fapam.edu.br/alfaletria

ou pelo telefone; 3237-2006 ou 3237-2005

Falar com Miriam ou Emily