Valeta aberta para obras particulares compromete acesso a supermercado e coloca em risco a segurança de condutores de veículos

Pará de Minas Pará de Minas em Destaque

Há alguns meses atrás uma valeta foi aberta na Rua Itapecerica para realização de obras de drenagem, esgoto e abastecimento de água para um loteamento privado que será construído no terreno da antiga Cerâmica Raquel.

A obra foi iniciada com objetivo de levar os serviços até o imóvel que deverá ser loteado, mas foi embargada pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano que alegou irregularidades nos projetos apresentados ao município, o que levou à paralisação dos trabalhos.

Devido às intensas chuvas que estão caindo sobre Pará de Minas a abertura que antes era apenas uma valeta está se transformando em uma verdadeira cratera na rua Itapecerica, na Vila Raquel deixando preocupados motoristas e também os pedestres que vão fazer compras no Supermercado BH.

Segundo informações da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano a construção já foi legalizada, embora as máquinas ainda não tenham retomado as atividades. Caso o proprietário não tome providência o município pode tomar atitudes a fim de conter a erosão e, assim, o proprietário do imóvel será responsabilizado.

A situação tão preocupante que até mesmo a direção do Supermercado BH procurou o vereador Carlos Roberto Lázaro na tentativa que o parlamentar conseguisse encontrar uma solução para o problema. Carlos Lázaro ressalta que está acompanhando o caso e trabalhando para que o proprietário do terreno tome providência urgente:

“Eu já fiz esta reclamação há vários dias sobre aquele buraco na entrada do Supermercado BH que pertence aquele loteamento no terreno da antiga Cerâmica Raquel. Eu recebi reclamação do próprio gerente do Supermercado BH que com as chuvas que estão caindo os buracos ficaram maiores ainda, buracos que cabem até carros e ele está em tempo de parar de atender os clientes por conta de acesso dos clientes pela entrada principal do supermercado. Eu estou aqui na prefeitura, já procurei a Defesa Civil, vamos ver o que pode ser feito inclusive para amenizar o problema, nem que coloque uma pouco de terra dentro do buraco até que a chuva dê uma trégua para resolver a situação, Vou reclamar também com prefeito para evitar acidentes”.

Na manhã da última segunda-feira (03/01/22) por muito pouco não acontece uma tragédia na cratera aberta na Rua Itapecerica. Um condutor de uma Saveiro passou dentro de um buraco que estava cheio de água das chuvas, descontrolou e caiu dentro da valeta, felizmente somente danos materiais, mas poderia ter acontecido algo pior se tivesse alguém com ele no veículo.

Neste caso o acidente não foi causado pela valeta aberta, mas sim por um buraco no asfalto que estava coberto de água. A boa notícia é que responsáveis pela obra estiveram no local na manhã desta terça-feira (04) e utilizando máquinas iniciaram o aterramento da valeta solucionando o problema.